Notícias |

Festival do Clube de Criação de São Paulo

Nos dias 1, 2 e 3 de setembro de 2012, o Memorial da América Latina foi palco da 37ª edição do Anuário do Clube de Criação de São Paulo (CCSP) e a EBM Quintto esteve lá. Este ano, o evento apresentou um novo formato, pois além do julgamento das peças inscritas e da festa de encerramento, foram disponibilizadas diversas outras atividades, como workshops direcionados para estudantes e jovens profissionais, debates, revisão de portfólios, exibições de longas, curtas, documentários, comerciais, jingles e muito mais.

O evento contou com nomes de peso do mercado publicitário, como Fabio Fernandes, presidente e diretor de criação da F/Nazca S&S; Washington Olivetto, chairman da WMcCann;  Marcello Serpa, sócio e diretor geral de criação da AlmapBBDO; Nizan Guanaes, chairman do Grupo ABC;  entre outros.  A lista de convidados também foi contemplada por convidados internacionais. Entre eles, Tham Khai Meng, CCO global da Ogilvy Worldwide; Rosie Arnold, diretora executiva de criação da BBH Londres e Simon Gosling, produtor executivo da Frame Store.

 

Nesta edição, o Festival do CCSP foi além da propaganda e apresentou personalidades ligadas aos segmentos da moda, artes plásticas, dramaturgia, arquitetura e música. Milhares de pessoas tiveram a oportunidade de prestigiar o evento, inclusive o diretor de criação da EBM Quintto, Jones Sampaio. Segundo ele, o novo Festival do CCSP foi algo inspirador.

“Grandes nomes da publicidade brasileira marcaram presença no evento. Palestras, debates, tudo muito bem organizado, além de peças sensacionais. Eu procurei ouvir e filtrar muita coisa que foi dita para adaptar para a realidade do nosso mercado. Mas o principal que eu trouxe mesmo foi o entusiasmo. Entusiasmo que eu espero compartilhar diariamente com a minha equipe de criação. Em um dos debates, me atrevi até a fazer uma pergunta para o Olivetto: ‘como estimular uma equipe criativa quando muitas vezes a gente esbarra em limites de verba e produção?’. Ele categórico respondeu: ‘criatividade se aplica em qualquer mercado e com qualquer verba, nas dificuldades que temos que ser criativos’. Ainda falou sobre as peças da FNAC , onde utilizou pouca verba pra produção e a campanha, criativamente, foi um sucesso. Concordo com ele. Mesmo com algumas dificuldades que encontramos no mercado, dá pra sermos criativos. E seremos. Realmente foi uma experiência muito enriquecedora. Você volta com um novo ânimo, novo gás. E isso pra quem trabalha com criação é fundamental” destacou Jones Sampaio.

 

Confira três das peças mais premiadas durante o Festival CCSP:

 

Nike – Vício

 

Pinacoteca do Estado de São Paulo – Curiosismo

 

Nissan – Pôneis Malditos

 

Fotos: Reprodução